Exposição da equipe de Enfermagem à radiação em centro cirúrgico : um estudo descr itivo

Fabíola Monteiro Querido, Vanessa de Brito Poveda

Resumo


Objetivo: Verificar a exposição à radiação da equipe de Enfermagem nos Centros Cirúrgicos de sete hospitais de seis cidades do interior do Estado de São Paulo. Método: Realizou-se um estudo quantitativo e descritivo, por meio de entrevista dos profissionais de Enfermagem, atuantes há mais de um ano em sete unidades dos Centros Cirúrgicos pertencentes a seis cidades diferentes. Resultados: Foram entrevistados 30 funcionários, sendo que todos pertenciam ao sexo feminino, oito (26,7%) tinham mais de 40 anos, 25 (83,3%) eram técnicos de Enfermagem e 14 (46,7%) atuavam em Centro Cirúrgico entre um e cinco anos. Destes, 28 (93,3%) relataram contato com radiação e apenas 11 (39,3%) utilizavam algum tipo de proteção; apenas dois (7,1%) faziam uso do dosímetro e 25 (89,3%) não possuíam remuneração diferenciada devido ao grau de periculosidade de suas atividades. Conclusão: As normas de proteção radiológica não são rigorosamente cumpridas pelas instituições incluídas neste estudo.

Palavras-chave


Enfermagem. Enfermagem de centro cirúrgico. Enfermagem do trabalho. Saúde do trabalhador. Radiação não ionizante.

Texto completo:

PDF/A PDF/A (English)

Referências


Flôr RC, Gelbcke FL. Tecnologias emissoras de radiação ionizante e a necessidade de educação permanente para uma práxis segura da enfermagem radiológica. Rev Bras Enferm. 2009;62(5):766-70.

Brasil. Ministério da Saúde. Portaria nº 1339/GM em 18 de novembro de 1999. Brasília: Ministério da Saúde; 1999.

Xavier AM , Moro JT , Heilbron PF. Princípios básicos de segurança e proteção radiológica. 3 ed. [Internet] Porto Alegre (RS): Universidade Federal do Rio Grande do Sul; 2010 [citado 2014 out. 10]. Disponível em: http://www.ufrgs.br/spr-cadastro/SegurancaProtRad.pdf.

Holmberg O, Czarwinski R, Mettler F. The importance and unique aspects of radiation protection in medicine. Eur J Radiol. 2010; 76(1):6-10.

M iller DL , Beth AS, Balter S. New recommendations for occupational radiation protection. J Am Coll Radiol. 2012;9(5):366-8.

Brasil. Ministério do Trabalho. Portaria SIT nº 200, de 20 de janeiro de 2011. Aprova a Norma Regulamentadora nº 34. Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção e Reparação Naval. Brasília: Diário Oficial da União; 2011.

Brasil. Resolução nº 466 de 12 de dezembro de 2012. Brasília. Conselho Nacional de Saúde. Dispõe sobre ética em pesquisas envolvendo seres humanos. Brasília: Conselho Nacional de Saúde; 2012 [citado 2014 jul 4]. Disponível em: http://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2012/Reso466.pdf

Schmidt DR, Dantas RA. Quality of work life and work-related musculoskeletal disorders among nursing professionals. Acta Paul Enferm [Internet]. 2012 [citado 2013 dez. 19]; 25(5):701-7. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_pdf&pid=S0103-21002012000500009&lng=en&nrm=iso&tlng=pt

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância Sanitária. Portaria nº 453, de 01 de junho de 1998. Aprova o Regulamento Técnico que estabelece as diretrizes básicas de proteção radiológica em radiodiagnóstico médico e odontológico, dispõe sobre o uso dos raios-x diagnósticos em todo território nacional e dá outras providências. Brasília: Diário Oficial da União; 1998.

Brasil. Conselho Nacional de Energia Nuclear (CNEN ). Diretrizes básicas de proteção radiológica. Brasília: Conselho Nacional de Energia Nuclear; 2011.

Brasil. Ministério do Trabalho e Emprego. Norma Regulamentadora no 32 – NR32. Portaria de 11 de novembro de 2005. Brasília: Diário Oficial da União, Seção 1; 2005.

Kesavachandran CN, Haamann F, Nienhaus A. Radiation exposure of eyes, thyroid gland and hands in orthopaedic staff: a systematic review. Eur J Med Res. 2012;17:28.

Söylemez H, Sancaktutar AA , Silay MS, Penbegül N, Bozkurt Y, Atar M, et al. Knowledge and attitude of European urology residents about ionizing radiation. Urology. 2013;81(1):30-5.

L ee K, Lee KM, Park MS, Lee B, Kwon DG , Chung CY. Measurements of surgeons’ exposure to ionizing radiation dose during intraoperative use of c-arm fluoroscopy. Spine. 2012;37(14):1240-4.

A lex MR. Occupational hazards for pregnant nurses. Am J Nurs. 2011;111(1):28-37.

Chem RK. Editorial – Radiation protection in medical imaging: never ending story? Eur J Radiol. 2010;76(1):1-2.

Poveda, VB, Santos, B, Galvão CM. Análise entre o tempo cirúrgico e as variações da temperatura e da umidade em sala de operação. Rev SOBECC. 2014;19(2):61-6.

M arziale MH, Valim MD . Notification of work accidents with exposure to biological material: cross study. Online Braz J Nursing [Internet] 2012 [citado 17 out. 2014]; 11(1). Disponível em: http://www.objnursing.uff.br/index.php/nursing/article/view/3537/pdf_1


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Fabíola Monteiro Querido, Vanessa de Brito Poveda

Rev SOBECC, São Paulo, SP, Brasil. e-ISSN: 2358-2871

Licença Creative Commons Revista SOBECC está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia