Segurança do paciente em serviços de saúde: uma análise na cidade de Salvador, Bahia

Eliana Auxiliadora Magalhães Costa, William Mendes Lobão, Camila Lapa Matos Ribas, Nathália Muraiviechi Passos

Resumo


Objetivo: Avaliar a política nacional de segurança do paciente em hospitais de grande porte de Salvador. Método: Estudo de casos múltiplos em hospitais terciários. A coleta de dados ocorreu entre outubro de 2017 e outubro de 2018, com profissionais dos núcleos de segurança do paciente (NSP). Foram analisadas quatro variáveis independentes: constituição dos NSP; ações de planejamento do controle dos eventos adversos (EA); atividades técnico- -operacionais desenvolvidas pelos NSP; e ações de monitoramento dos EA no hospital. Resultados: Dos 20 NSP existentes, estudaram-se 12 (60%). Todos os hospitais possuem NSP constituídos, 91,7% têm plano de segurança do paciente, e 50% contam com profissional com dedicação exclusiva. Das instituições, 58,3% implementam todos os protocolos obrigatórios, sendo identificação do paciente (83,3%) e higienização das mãos (83,3%) os mais frequentes. Os percentuais de EA identificados foram: lesão por pressão (88,9%), queda do leito (77,8%) e erros de medicamentos (75,0%). Conclusão: Os EA aqui referidos sinalizam a necessidade de adequações em prol da segurança do paciente. Os NSP não atendem totalmente às políticas regulatórias vigentes no país, carecendo, portanto, de adequações e de controle sanitário efetivo.


Palavras-chave


Segurança do Paciente; Dano ao paciente; Legislação hospitalar; Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde

Texto completo:

PDF PDF/A (English)

Referências


Flodgren G, Conterno LO, Mayhew A, Omar O, Pereira CR, Shepperd S. Interventions to improve professional adherence to guidelines for prevention of device-related infections. Cochrane Database Syst Rev [Internet]. 2013 Mar 28 [cited 2019 Apr 26];(3). Available from: http://doi.wiley.com/10.1002/14651858.CD006559.pub2

Pereira FGF, Matias ÉO, Ceatano JÁ, Lima FET. SEGURANÇA DO PACIENTE E PROMOÇÃO DA SAÚDE: UMA REFLEXÃO EMERGENTE. Rev Baiana Enfermagem‏ [Internet]. 2015 Sep 28 [cited 2019 Apr 23];29(3):278. Available from: https://portalseer.ufba.br/index.php/enfermagem/article/view/12205/pdf_10

Okuyama JHH, Galvao TF, Silva MT. Healthcare professional’s perception of patient safety measured by the hospital survey on patient safety culture: A systematic review and meta-analysis [Internet]. Vol. 2018, Scientific World Journal. Hindawi; 2018 [cited 2019 Apr 25]. p. 1–11. Available from: https://www.hindawi.com/journals/tswj/2018/9156301/

WHO. The World Alliance for Patient Safety [Internet]. Geneva: World Health Organization. Geneva, Switzerland: WHO; 2004. 33 p. Available from: http://www.who.int/patientsafety/en/brochure_final.pdf

WHO, WHO Patient Safety. WORLD ALLIANCE FOR PATIENT SAFETY. THE SECOND GLOBAL PATIENT SAFETY CHALLENGE: SAFE SURGERY SAVES LIVES [Internet]. Geneva, Switzerland: WHO Press; 2008. 32 p. Available from: https://apps.who.int/iris/bitstream/handle/10665/70080/WHO_IER_PSP_2008.07_eng.pdf?sequence=1&isAllowed=y

WHO. Global Patient Safety Challenge: Medication Without Harm. WHO Glob Patient Saf Chall [Internet]. 2017;16. Available from: http://apps.who.int/iris/bitstream/10665/255263/1/WHO-HIS-SDS-2017.6-eng.pdf?ua=1&ua=1

Brasil. Portaria No 482, de 1o de abril de 2014. Institui o Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP) [Internet]. Ministério da Saúde Brasil: DOU de 02/04/2013; 2013 p. 1–4. Available from: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2014/prt0482_01_04_2014.html

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). RDC no 36, de 25 de julho de 2013. Institui ações para a segurança do paciente em serviços de saúde e dá outras providências. Diário Oficial da União Brasil: Diário Oficial da União; 2013.

Brasil, Ministério da Saúde. PORTARIA No 1.377, DE 9 DE JULHO DE 2013. Aprova os Protocolos de Segurança do Paciente. [Internet]. Brasil: Diário Oficial da União; 2013. Available from: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/parto.pdf

BRASIL, Ministério da Saúde. PORTARIA No 2.095, DE 24 DE SETEMBRO DE 2013. Aprova os Protocolos Básicos de Segurança do Paciente. Brasília, DF, Brasil: Diário Oficial da União; 2013.

Andrade LEL, Lopes JM, Souza Filho MCM, Vieira Júnior RF, Farias LPC, Santos CCM dos, et al. Cultura de segurança do paciente em três hospitais brasileiros com diferentes tipos de gestão. Cien Saude Colet [Internet]. 2018 Jan [cited 2019 Mar 21];23(1):161–72. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232018000100161&lng=pt&tlng=pt

Robert K. Yin, Trad., Grassi D. Estudo de caso: Planejamento e Métodos. 2a. Porto Alegre, RS: Bookman; 2001. 200 p.

Leitão IMT de A, Sousa FSP de, Santiago JC dos S, Bezerra IC, Morais JB de. Absenteísmo , rotatividade e indicadores de qualidade do cuidado em enfermagem : estudo transversal. Online Brazilian J Nurs [Internet]. 2017;16(1):119–29. Available from: www.objnursing.uff.br/index.php/nursing/article/view/5623

Novaretti MCZ, Santos E de V, Quitério LM, Daud-Gallotti RM. Nursing workload and occurrence of incidents and adverse events in ICU patients. Rev Pesqui Cuid é Fundam Online [Internet]. 2014;18(2):1–10. Available from: http://www.cff.org.br/sistemas/geral/revista/pdf/124/encarte_farmaciahospitalar.pdf%5Cnhttp://www.revistarene.ufc.br/revista/index.php/revista/article/view/1609/pdf%5Cnhttp://www.gnresearch.org/doi/10.5935/1414-8145.20140045%5Cnhttp://www.seer.unirio.br/i

Siman AG, Brito MJM. Mudanças na prática de enfermagem para melhorar a segurança do paciente. Rev Gaúcha Enferm [Internet]. 2016;37((esp)):1–9. Available from: http://www.scielo.br/pdf/rgenf/v37nspe/0102-6933-rgenf-1983-14472016esp68271.pdf

Reis CT, Martins M, Laguardia J. A segurança do paciente como dimensão da qualidade do cuidado de saúde: um olhar sobre a literatura. Cien Saude Colet [Internet]. 2013;18(7):2029–36. Available from: http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232013001500018

BRASIL, ANVISA. Assistência Segura: Uma Reflexão Teórica Aplicada à Prática [Internet]. Assistência segura: uma reflexão teórica aplica à prática. Brasília-DF; 2017. 18–27 p. Available from: http://portal.anvisa.gov.br/documents/33852/3507912/Caderno+1+-+Assistência+Segura+-+Uma+Reflexão+Teórica+Aplicada+à+Prática/97881798-cea0-4974-9d9b-077528ea1573

Ortega DB, D’Innocenzo M, Silva LMG da, Bohomol E. Análise de eventos adversos em pacientes internados em unidade de terapia intensiva. Acta Paul Enferm [Internet]. 2017;30(2):168–73. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-21002017000200168&lng=pt&tlng=pt

Carlesi KC, Padilha KG, Toffoletto MC, Henriquez-Roldán C, Juan MAC. Patient Safety Incidents and Nursing Workload. Rev Lat Am Enfermagem [Internet]. 2017;25(0). Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-11692017000100319&lng=en&tlng=en

De Araújo IS, Carvalho R De. Eventos adversos graves em pacientes cirúrgicos: ocorrência e desfecho. Rev SOBECC [Internet]. 2018;23(2):83. Available from: https://revista.sobecc.org.br/sobecc/article/view/77




DOI: https://doi.org/10.5327/Z1414-4425202000010004

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Eliana Auxiliadora Magalhães Costa, William Mendes Lobão, Camila Lapa Matos Ribas, Nathália Muraiviechi Passos

Rev SOBECC, São Paulo, SP, Brasil. e-ISSN: 2358-2871

Licença Creative Commons Revista SOBECC está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia