Elaboração de rotinas para uma enfermagem de excelência em Centro Cirúrgico

Jacqueline Ramos de Andrade Antunes Gomes, Viviane Serra Melanda

Resumo


Estudo desenvolvido em um hospital de reabilitação, com o objetivo de relatar a experiênciada elaboração de um modelo para descrição e documentação de rotinas de enfermagem em centro cirúrgico (CC), compreensível e aplicável, em situações de assistência direta e indireta ao paciente, na educação e no treinamento de profissionais. O método usado foi o 5W 1H do controle da qualidade total, a qual preconiza a padronização como elemento essencial para atingir altos níveis de qualidade do serviço e cumprimento de metas para melhoria da assistência. A ecologia da informação trouxe ideias de integração dos diversos tipos de conhecimento e informação, o que possibilitou reunir evidências científicas para que os procedimentos técnicos desenvolvidos no CC fossem documentados comprecisão. Como resultados esperados, destaca-se a transferência de informações e tecnologia, educação e treinamento em serviço, registro e divulgação das técnicas, procedimentos padronizados, redução e controle de custos, maximização dos serviços e recursos para otimização de pesquisas científicas.


Palavras-chave


Documentação. Gestão de qualidade. Enfermagem de Centro Cirúrgico.

Texto completo:

PDF/A

Referências


Vieira LR. Padronização, base da qualidade [In-ternet]. 2000-2011. [acesso 2010 jul 18]. Disponívelem: http://www.ecivilnet.com/artigos/padronizacao_base_da_qualidade. htm

BorkAMT. Enfermagem de excelência: da visão àação. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2003.

Meegen RAV. Análise crítica da utilização da pa-dronização no sistema de melhoria dos centros dedistribuição domiciliária dos correios [dissertação].Porto Alegre: Escola de Engenharia, UniversidadeFederal do Rio Grande do Sul; 2002.

Campos VF. Gerenciamento da rotina do trabalhodo dia-a-dia. Belo Horizonte: Fundação ChristianoOttoni. Escola de Engenharia da UniversidadeFederal de Minas Gerais; 2004.

Campos VF. Qualidade total: padronização de em-presas. Belo Horizonte: Fundação Christiano Ottoni.Escola de Engenharia da Universidade Federal deMinas Gerais; 2004.

McDonald R, Waring J, Harrison S, Walshe K,Boaden R. Rules and guidelines in clinical prac-tice: a qualitative study in operating theatres ofdoctors' and nurses' views. Qual Saf Health Care2005-14(4):290-4.

Rede Sarah de Hospitais de Reabilitação. Prin-cípios fundamentais da Rede Sarah de Reabili-tação [Internet]. Brasília; 1993. [citado 2011 set4]. Disponível em: http://www.sarah.br/paginas/prevencao/PDF201 1-1 0/PDF-ARTIGOS!ARede-SARAHeomodelodeadm inistraodaassistnciamdico-hospitalr. pdf


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Jacqueline Ramos de Andrade Antunes Gomes, Viviane Serra Melanda

Rev SOBECC, São Paulo, SP, Brasil. e-ISSN: 2358-2871

Licença Creative Commons Revista SOBECC está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia