Atuação do enfermeiro no processo de limpeza em um centro de material e esterilização

Alice Teresinha Strieder, Sandra Leontina Graube, Cátia Cristiane Matte Dezordi, Eniva Miladi Fernandes Stumm, Maria Cristina Meneghete, Vivian Lemes Lobo Bittencourt

Resumo


Objetivo: Contextualizar a atuação do enfermeiro no processo de limpeza de materiais hospitalares em um Centro de Material e Esterilização.
Método: Relato de experiência que emergiu das atividades desenvolvidas na disciplina “Prática Supervisionada em CME”, do Curso de Pós-Graduação Lato
Sensu “Enfermagem em Centro Cirúrgico, Recuperação Pós-Anestésica e Centro de Material e Esterilização” de uma universidade privada no Rio Grande
do Sul. Resultados: A atuação do enfermeiro no processo de limpeza ocorre frente às necessidades do setor, tais como qualificar a equipe; estimular o
uso dos equipamentos de proteção individual; participar da aquisição de equipamentos e insumos; qualificar o método de limpeza; conhecer a complexidade
do instrumental cirúrgico; participar do controle de qualidade da água, do enxágue, da secagem, da lubrificação e da inspeção dos materiais; e escolher
os indicadores para comprovar a qualidade dos processos, conforme as legislações vigentes. Conclusão: Este estudo proporcionou ampliar conhecimentos
sobre as responsabilidades inerentes à atuação do enfermeiro no Centro de Material e Esterilização, o que reflete em segurança para o paciente.


Palavras-chave


Enfermagem; Centro de material e esterilização

Texto completo:

PDF PDF/A (English)

Referências


Sociedade Brasileira de Enfermeiros de Centro Cirúrgico Recuperação Anestésica e Centro de Material e Esterilização - SOBECC. Práticas recomendadas da SOBECC. 7. ed. São Paulo: SOBECC; 2017.

Brasil. Ministério da Saúde. Resolução da Diretoria Colegiada nº 15, de 15 de março de 2012. Dispõe sobre requisitos de boas práticas para o processamento de produtos para saúde e dá outras providências. Brasília; 2012 [acesso em 2018 jan. 15]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/anvisa/2012/rdc0015_15_03_2012.html

Laranjeira PR, et al. Fundamentos para uso seguro das lavadoras termodesinfetadoras com ênfase na liberação para uso após intervenção técnica. Rev SOBECC. 2016; 21(3):178-184. Disponível em: https://revista.sobecc.org.br/sobecc/article/view/129

Graziano KU, Silva A, Psaltikidis EM. Enfermagem em centro de material e esterilização. Barueri: Manole; 2011. 417p.

Espindola MCG, Fontana RT. Riscos ocupacionais e mecanismos de autocuidado do trabalhador de um centro de material e esterilização. Rev Gaúch Enferm. 2012; 3(1):116-123. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-14472012000100016

Borgheti SP, Viegas K, Caregnato RCA. Biossegurança no centro de materiais e esterilização: dúvidas dos profissionais. Rev SOBECC. 2016; 21(1):3-12. Disponível em: https://revista.sobecc.org.br/sobecc/article/view/36

Association of periOperative Registered Nurses - AORN. Recommended practices for sterilization. In: Association of periOperative Registered Nurses-AORN. Perioperative standards and recommended practices. Denver: AORN; 2013. p. 513-40

Moriya GAA, Takeiti MH. O trabalho da enfermagem em centro de material e esterilização e sua implicação para a segurança do paciente. Rev SOBECC. 2016; 21(1):1-2. Disponível em: http://files.bvs.br/upload/S/1414-4425/2016/v21n1/a5564.pdf

Madeira MZA, et al. Processamento de produtos para a saúde em centro de material e esterilização. Rev SOBECC. 2015; 20(4):220-227. Disponível em: https://revista.sobecc.org.br/sobecc/article/view/93

Ascari RA, Vidori J, Moretti CA, Perin EMF, Silva OM, Buss E. O processo de esterilização de materiais em serviços de saúde: uma revisão integrativa. Braz J Surg Clin Res. 2013;4(2):33-8. Disponível em: http://www.mastereditora.com.br/periodico/20130831_181149.pdf




DOI: https://doi.org/10.5327/10.5327/Z1414-4425201900010010

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Alice Teresinha Strieder, Sandra Leontina Graube, Cátia Cristiane Matte Dezordi, Eniva Miladi Fernandes Stumm, Maria Cristina Meneghete, Vivian Lemes Lobo Bittencourt

Rev SOBECC, São Paulo, SP, Brasil. e-ISSN: 2358-2871

Licença Creative Commons Revista SOBECC está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia