A visita pré-operatória como fator atenuante da ansiedade em pacientes cirúrgicos

Thiago Franco Gonçalves, Veronica Cecilia Calbo de Medeiros

Resumo


Objetivo: Identificar se a realização da visita pré‑operatória seria um fator que possibilita minimizar o nível de ansiedade apresentado por pacien‑ tes cirúrgicos. Método: Pesquisa de caráter exploratório prospectivo, com amostra de 20 pacientes que foram submetidas ao procedimento de histerecto‑ mia total ou parcial, por qualquer técnica cirúrgica. Resultados: Após a aplicação do Inventário de Ansiedade Traço‑Estado, foi identificado que o grupo controle apresentou nível de ansiedade superior quando comparado ao grupo pesquisa. Conclusão: A visita de enfermagem pré‑operatória contribuiu para que o nível de ansiedade seja inferior nos que a recebem. Palavras‑chave: Histerectomia. Enfermagem perioperatória. Ansiedade. Período pré‑operatório.Objetivo: Identificar se a realização da visita pré‑operatória seria um fator que possibilita minimizar o nível de ansiedade apresentado por pacien‑ tes cirúrgicos. Método: Pesquisa de caráter exploratório prospectivo, com amostra de 20 pacientes que foram submetidas ao procedimento de histerecto‑ mia total ou parcial, por qualquer técnica cirúrgica. Resultados: Após a aplicação do Inventário de Ansiedade Traço‑Estado, foi identificado que o grupo controle apresentou nível de ansiedade superior quando comparado ao grupo pesquisa. Conclusão: A visita de enfermagem pré‑operatória contribuiu para que o nível de ansiedade seja inferior nos que a recebem. Palavras‑chave: Histerectomia. Enfermagem perioperatória. Ansiedade. Período pré‑operatório.

Palavras-chave


Histerectomia. Enfermagem perioperatória. Ansiedade. Período pré‑operatório.

Texto completo:

PDF PDF/A (English)

Referências


Medeiros VCC, Peniche ACG. A influência da ansiedade nas estratégias de enfrentamento utilizadas no período pré‑operatório. Rev Esc Enferm USP. 2006;40(1):86‑92.

North American Nursing Diagnosis Association. Diagnósticos de enfermagem da NANDA: definições e classificação. Porto Alegre: Artmed; 2010. p. 256.

Silva CRL, Silva RCL, Viana DL. Compacto Dicionário Ilustrado de Saúde. 4ª ed. São Caetano do Sul: Yendis; 2009. p. 129.

Mourão Júnior CA, Abramov DM. Fisiologia Essencial. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2011.

Nosow V, Peniche ACG. Paciente cirúrgico ambulatorial: calatonia e ansiedade. Acta Paul Enferm. 2007;20(2):167‑7.

Sampaio CEP, Ribeiro DA, Marta CB, Seabra Junior HC, Rose E, Francisco MTR. Fatores determinantes da ansiedade e mecanismos de coping em procedimentos cirúrgicos gerais. Rev Pesq Cuid Fundam (Online). 2013;5(4):547‑55.

Bianchi ERF. Escala Bianchi de stress. Rev Esc Enferm USP. 2009;43:1055‑62.

Almeida NDV. Considerações acerca da incidência do estresse em motoristas profissionais. Rev Psicol. 2010;1(1):75‑84.

Frias TFP, Costa CMA, Sampaio CEP. O impacto da visita pré‑operatória de enfermagem no nível de ansiedade de pacientes cirúrgicos. REME Rev Min Enferm. 2010;14(3):345‑52.

Fioravanti ACM, Santos LF, Maissonette S, Cruz APM, Fernandez JL. Avaliação da estrutura fatorial da Escala de Ansiedade‑Traço do IDATE. Aval Psicol. 2006;5(2):217‑24.

Agostini P, Sakae TM, Feldens VP. Prevalência de sintomas ansiosos em pacientes em consultório de anestesia de Tubarão. Arq Catarin Med. 2011; 40(1):52‑6.

Silva WV, Nakata S. Comunicação: uma necessidade percebida no período pré‑operatório de pacientes cirúrgicos. Rev Bras Enferm. 2005;58(6):673‑6.

Kruse MHL, Almeida MA, Keretzky KB, Rodrigues E, Silva FP, Schenini FS, et al. Orientação pré‑operatória da enfermeira: lembranças de pacientes. Rev Eletr Enf. 2009;11(3):494‑500.

Schaffir J, Fleming M, Waddell V. Patient perceptions regarding effect of gynecological surgery on sexuality. J Sex Med. 2010;7(2 Pt 1):826‑31.

Flório MCS, Galvão CM. Cirurgia ambulatorial: identificação dos diagnósticos de enfermagem no período perioperatório. Rev Latino‑Am Enf. 2003;11(5):630‑7.

Santos J, Henckmeier L, Benedet SA. O impacto da orientação pré‑operatória na recuperação do paciente cirúrgico. Enferm Foco. 2011;2(3):184‑7.

Souza LR, Souza MAG, Pinto AS, Cortez EA, Carmos TG, Nascimento RM. Os benefícios da visita pré‑operatória de enfermagem para o cliente ciúrgico: revisão sistemática de literatura. Rev Pesqui Cuid Fundam (Online). 2010;2(2):797‑806.

Marcolino JAM, Suzuki FM, Alli LAC, Gozzani JL, Mathias LAST. Medida da ansiedade e da depressão em pacientes no pré‑operatório: estudo comparativo. Rev Bras Anestesiol. 2007;57(2):157‑66.

Brasil. Lei nº 7.498, de 25 de junho de 1986. Dispõe sobre a regulamentação do exercício da enfermagem, e dá outras providências. Brasília: Diário Oficial da União, 26 jun. 1986. Seção I, p. 9.273‑9.275.

Perrando M, Beuter M, Brondani CM, Roso CC, Santos TM, Predebon GR. O preparo pré‑operatório na ótica do paciente cirúrgico. REUFSM. 2011;1(1):61‑70.




DOI: https://doi.org/10.5327/Z1414‑4425201600010004

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Thiago Franco Gonçalves, Veronica Cecilia Calbo de Medeiros

Rev SOBECC, São Paulo, SP, Brasil. e-ISSN: 2358-2871

Licença Creative Commons Revista SOBECC está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia