DIAGNÓSTICOS DE ENFERMAGEM EM PARTURIENTES DURANTE TRANSOPERATÓRIO - CIPE BETA 2

Thaís Honório Lins, Ângela Maria Leal de Moraes Vieira

Resumo


Estudo realizado no Centro Cirúrgico de uma maternidade pública, objetivando identificar a freqüência dos diagnósticos de Enfermagem mais comuns seguindo a CIPE em emergência obstétrica no período transoperatório de cesárca. Pesquisa do tipo descritivo-exploratória, quantitativa. Utilizou-se um instrumento para a entrevista, exame físico e observação de 30 partLirientes. Nos resultados foi identificada a freqüência dos seguintes diagnósticos de Enfermagem: 100% de risco para infecção na ferida cirúrgica, 100% no sistema urogenital pelo uso de cateter urinário, 100% devido ao uso de cateter venoso periférico e de 90% queimadura de pele pelo uso do bisttiri elétrico. Pode-se concluir que os dados encontrados neste estudo
permitiram a identificaçãtr de tais diagnósticos de Enfermagem possibilitando planejamento e intervenção das ações de Enfermagem.


Palavras-chave


Diagnóstico de Enfermagem, Cuidados de Enfermagem, C.entro Cirúrgico Hospitalar,

Texto completo:

PDF/A

Referências


Sociedade Brasileira de Enfermei ros de Centro Cirúrgico, Recupera ção Anestésica e Centro de Material e Esterilização. Práticas Recomendadas

da SOBECC. 4^ ed. São Paulo: SOBECC; 2007.

Conselho Internacional de Enferma gem. Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem: beta 2. São Paulo; 2003.

Carpenito LJ. Manual de diagnóstico de enfermagem. 6^ ed. Porto Alegre: Artmed; 1999.

Sparks MS, Taylos CM, Dier JG. Diagnóstico em enfermagem. Rio de

Janeiro: Reichmann & Affonso; 2000.

Santos NCM. Centro cirúrgico e os cuidados de enfermagem. São Paulo: látria; 2003.

Meeker MH, Rothrock JC. Alexander: cuidados de enfermagem ao pa

ciente cirúrgico. 10^ ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 1997.

Moura LPAM. Enfermagem em centro cirúrgico e recuperação anestésica. 7^ed. São Paulo: SENAC; 2004.

Ferreira LMB, Ribeiro MCM. Centro cirúrgico - o espaço de fazer enfer

magem. Rio de Janeiro: EPUB; 2000.

Carpenito LJ. Diagnósticos de enfermagem: aplicação à prática clínica. 8^ed. Porto Alegre: Artmed; 2002.

Grinbaum RS. Prevenção da infecção de sítio cirúrgico. 2^ ed. São Paulo:APECIH; 1999.

Lacerda RA. Controle de infecção em centro cirúrgico: fatos, mitos e contro'érsias. São Paulo: Atheneu; 2003.

Moreira MC, Souza SR. Procedi mentos e protocolos. Rio de Janeiro:

LAB;2005.

Ritchtmann R, Levin AS. Infecção relacionada ao uso de cateteres vas

culares. 2^ ed. São Paulo: APECIH; 1999.

Smeltzer SC, Bare BG. Brunner & Suddarth: tratado de enfermagem médico- cirúrgica. 10'^ ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2005.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Thaís Honório Lins, Ângela Maria Leal de Moraes Vieira

Rev SOBECC, São Paulo, SP, Brasil. e-ISSN: 2358-2871

Licença Creative Commons Revista SOBECC está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia