O centro cirúrgico como espaço do cuidado na relação enfermeira/paciente

Enêde Andrade da Cruz, Enedina Soares

Resumo


- O paciente em Centro Grúrgico (CC) exige cuidados de Enfermagem fundamentados nas neceSStdades evidentes e/ou potencia!tzadas pela iminência do ato cirúrgico ou pelas ocorrências oriundas da dinamica de preparo ambiental e do próprio indtv1duo, respeitando seus valores e forma de interação para melhorar sua condtção de enfrentar a cirurgia. Neste estudo, objetivamos ana!tsar o cU1dado do profissional de Enfermagem na relação com o paciente desde a admissão desse indivíduo no CC até sua entrada na Sala de Operação (SO), por meio da observação não sistemática de três enfermeiras de uma instituição  púb/Jca de grande porte1     loca!tzada em  fortaleza (CE)  Os resultados apontaram que o espaço h'sico destinado à assistência e hinitado, comum a todos os elementos da eqU1pe e à demanda do fluxo de pessoas, incluindo os dentes, que permanecem muito proximos uns dos outros. De certa forma, isso dtficulta a relação enfermeira/ paciente devido aos ruídos na comunicação entre ambos, da recepção até o acompanhamento da pessoa à SO

 


Palavras-chave


paciente cirúrgico, cuidado de Enfermagem, Centro cirúrgico

Texto completo:

PDF/A

Referências


BRASIL. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúd e. Resolução nº 19 6/96. Sobre pesquisa envolvendo seres human os. Bioética, v. 4, n. 2, p. 14 -25 , 1 996. Suplemento.

CASTELL ANOS , B. E. P; JO UCLAS, V. M.

G ; GATTO , M. A. F Assistência de Enfermagem no período transoperatório. Enfoque, v. 14 , n. 1, p. 7-11 , 1 985.

CH INN , P. L; KRAMER, M. K. Exploring contexts and values ln: CH INN , P. L. Theory and nursing: a sys tema tic app roach. 4. ed. Ne w York : Mosby, 1995 , p. 87-8.

CRE MA , R. Parad igma do cuidar - uma sociedad e em trans forma ção. ln: CO NG R ESSO BRASILEIRO DE E FER MAG EM CUIDAR - AÇÃO TERAPEUTICA DA EN FERMAG EM, 50, 19 99,

Sa lvado r. A nais. Sa lvad or: AB EN - Seção-BA, 1 999, p. 39-48.

CRUZ , E. A da; VAR ELA, Z. M. V. A admissão em Centro Cirúrgico como espaço de cuidado . CONGRESSO BRASILEIRO DE ENFER-

MAG EM, 52 , 2000, Oli nda. Resumo . O li nda: ABEN-Seção-PE, 2000 , p. 12 .

D'ASSUMPÇÃO , E. A. Apelo de um paciente aos médicos. Boi. Capes, p. 16, dez. 19 94.

FURE GATO , A. R. F. Rela ções interpessoais tera pêutica s na Enfermag em. Ribeirão Preto. São Paulo: Scala, 1 999.

GEORGE, J . B. Teorias de Enfermag em: do s fundamentos à prática profissional. 49 . ed. Porto Alegre: Artimed, 2000 a, cap. 21 , p. 204-24.

G EO RG E, J. B. Teorias de Enfermagem : dos fu ndament os à prática profissional. Porto Aleg re: Artmed, 20006 , p. 253- 65.

HEIDER, F.; ASCH, S. A interdependência do comportamento nas relações intergru pais. ln: VALA, J; MO NTEIRO , M. B. (Coords.) Psicologia social.

ed. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian , 2000, p. 43-4 .

LA KATO S, E. M; MA RCO N I, M . de A.

Fundamentos de metodologia científica. 3. ed. São Paulo: Atlas, 19 95.

MATU RANA, H. Ciência e cotidiano: a antologia das explicações cientí ficas. ln:WATZLAWICK, P.; KR IEG, P. (Orgs ) O olhar do ob serva dor: contribuições para a constru ção do conh eciment o constru tivista. São Paulo: Editoria l PSH, 1 995, p.1 63-98.

MINAYO , M. C. de S. Pesquisa social : teoria, método e criat ividade . 1 5 ed. Petrópolis: Vozes, 2000 .

MORA, J . F. Dicionário de filo sofia . Madrid Alianza Editorial, 1990, v. 2, p. 1 31 4-6.

MO RE IRA, R. V. O . et ai. A herm enêut ica filosófica de Gadamer. ln BARRE TO , J A. E ; MO RE IRA, R. V. O . (O rgs.). O elefante e os cego s. Fortaleza: Casa José de Alencar, 1 999, p. 47-71 .

MO R IN, E. Complexidade e ética da solidariedade

l n: CASTRO , G de; CA RVA LHO , E. de A.;

ALMEIDA, M. da C. de (Orgs) Ensaios de

complexidade. Porto Alegre: Sulina , 1 997.

O RL AN DO , 1. J . O relacionamento dinâmico enferm eiro/p aciente: fun ção, processo e prin cípios

São Paulo: EPU, 1978.

SANT IN, S. Cuidado e/ou conforto: um paradigma para a Enfermagem desenvolvido segundo o costume dos filósofos. Texto Contexto Enferm., v. 7, n. 2, p111- 32, 19 98.

SILVA, A . L. da . Cuidado como moment o de encontro e troca. ln:. CONGRESSO BRASILEIRO DE E FERMAGEM CUIDAR - AÇ ÃO TERAPEUTICA DA ENFER MAG EM, 50., 1 999,

Salvad or. A nais. Salvad or: ABEN-Seção BA, 199 9, p. 74-9 .

TUDO R, M. Enferm agem de Bloco O perat ório: uma espécie em risco de extinção. N ursing, n. 73, p. 9- 11 , 1 99 4 . Edição brasileira.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Enêde Andrade da Cruz, Enedina Soares

Rev SOBECC, São Paulo, SP, Brasil. e-ISSN: 2358-2871

Licença Creative Commons Revista SOBECC está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia