Elaboração de material didático para processamento de produtos para saúde em unidades de atenção primária à saúde

Fabia Maria Souza Paula, Natalia Camelo do Nascimento Beserra, Rebeca Cristina Souza Lopes, Débora Rodrigues Guerra

Resumo


Objetivo: Relatar a experiência de elaboração de uma cartilha sobre o processamento de produtos para saúde na Unidade de Atenção Primaria à Saúde.
Métodos: Pesquisa descritiva, do tipo relato de experiência, realizada em 2015, em uma Unidade de Atenção Primária à Saúde, localizada no município de Fortaleza
(Ceará). Trata-se da elaboração de uma cartilha que seguiu cinco etapas: escolha da tecnologia; preparação do conteúdo baseado na literatura científica; seleção
de ilustrações; elaboração; e montagem. Resultados: A cartilha foi estruturada em capítulos considerando as boas práticas em Centro de Material e Esterilização
(CME), conforme disposto: 1) CME – conceitos e requisitos de infraestrutura; 2) Classificação dos artigos e biossegurança em CME; 3) Áreas do CME e etapas do
processamento de produtos para saúde e 4) Monitoramento do processo de esterilização. Conclusão: A elaboração da cartilha cumpriu o intuito de compartilhar
conteúdos teóricos com o propósito de conscientizar os profissionais da importância de sua adesão às boas praticas de processamento de produtos para a saúde.


Palavras-chave


Unidade Básica de Saúde; Esterilização; Enfermagem; Tecnologia em saúde.

Texto completo:

PDF PDF/A (English)

Referências


Freitas TS, Quirino GS. Esterilização em Unidades Básicas de Saúde

no município de Picos-PI. Senare. 2011;10(2):57-63.

Padoveze MC, Graziano KU. Aspectos conceituais e microbiológicos

relacionados ao processamento de materiais utilizados na assistência

à saúde. In: Graziano KU, Silva A, Psaltikids EM, editors. Enfermagem

em Centro de Material e Esterilização. Barueri: Manole; 2011.

Sociedade Brasileira de Enfermeiros de Centro Cirúrgico, Recuperação

Anestésica e Centro de Material e Esterilização (SOBECC). Manual de

Práticas Recomendadas da SOBECC. 6ª ed. São Paulo: SOBECC; 2013.

Marques GQ, Lima MADS. As tecnologias leves como orientadoras

dos processos de trabalho em serviços de saúde. Rev Gaúcha Enferm.

;25(1):17-25.

Koerich MS, Backes DS, Scortegagna HM, Wall ML, Veronese

AM, Zeferino MT, et al. Tecnologias de cuidado em saúde e

enfermagem e suas perspectivas filosóficas. Texto Contexto Enferm

;15(Esp):178-85.

Ferraz F, Silva LWS, Silva LAA, Reibnitz KS, Backes VMS. Cuidareducando

em enfermagem: passaporte para o aprender/educar/

cuidar em saúde. Rev Bras Enferm. 2005;58(5):607-10.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde.

Departamento de Atenção Básica. Manual de estrutura física das

unidades básicas de saúde: saúde da família. 2ª ed. Brasília: Ministério

da Saúde; 2008.

Brasil. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância

Sanitária. Resolução n.º 15, de 15 de Março de 2012. Dispõe

sobre requisitos de boas práticas para o processamento de

produtos para saúde e dá outras providências. Brasília: Diário

Oficial da União; 2012.

Ascari RA, Vidori J, Moretti CA, Perin EMF, Silva OM, Buss

E. O processo de esterilização de materiais em serviços de

saúde: uma revisão integrativa. Br J Surgery Clinical Research.

;4(2):33-8.

Espindola MCG, Fontana RT. Riscos ocupacionais e mecanismos de

autocuidado do trabalhador de um centro de material e esterilização.

Rev Gaúcha Enferm. 2012;33(1):116-23.

Costa LFV. Reprocessamento de artigos críticos em unidades

básicas de saúde [dissertação]. Campinas: Universidade Estadual

de Campinas; 2008.

Costa LFV, Freitas MIP. Reprocessamento de artigos críticos em

unidades básicas de saúde: perfil do operador e ações envolvidas.

Rev Bras Enferm. 2009;62(6):811-9.

Madeir MZA, Santos AMR, Batista OMA, Rodrigues FTC. Processamento

de Produtos para Saude em Centro de Material e Esterilização. Rev

SOBECC. 2015;20(4):220-7.

Tripple FV, Pires FG, Guadagnin SVT, Melo DS. O monitoramento de

processos físicos de esterilização em hospitais do interior do Estado

de Goiás. Rev Bras Enferm. 2011;45(3):751-7.




DOI: https://doi.org/10.5327/Z1414-4425201700030008

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Natalia Camelo do Nascimento Beserra

Rev SOBECC, São Paulo, SP, Brasil. e-ISSN: 2358-2871

Licença Creative Commons Revista SOBECC está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia