Análise das complicações em pacientes no período de recuperação anestésica

Fiama Chagas Nunes, Selme Silqueira de Matos, Ana Lúcia De Mattia

Resumo


Objetivo: Analisar as complicações do paciente em período de recuperação anestésica. Método: Trata-se de uma pesquisa com abordagem metodológica quantitativa, delineamento não experimental, comparativa, de campo e prospectiva. A amostra foi constituída por 42 adultos, submetidos à cirurgia eletiva, com anestesia geral, apresentando classificação da American Society Anesthesiologists (ASA) I ou II; a coleta de dados ocorreu de fevereiro a junho de 2013. Resultados: As complicações mais frequentes foram hipotermia, dor e hipoxemia. Houve associação estatisticamente significante entre o Índice de Aldrete Kroulik com bradipneia (p=0,038) e hipoxemia (p=0,025), na entrada do paciente na sala de recuperação pós-anestésica, e aos 60 minutos de permanência, com hipertensão arterial (p=0,023) e taquicardia (p=0,048). Conclusão: Diante dos resultados evidenciados, compete ao Enfermeiro a implementação de medidas eficazes na prevenção e no controle das complicações do paciente no período de recuperação anestésica

Palavras-chave


Enfermagem perioperatória. Sala de recuperação. Complicações pós-operatórias.

Texto completo:

PDF/A

Referências


Castellanos BE, Jouclas VM. Assistência de enfermagem perioperatória—um modelo conceitual. Rev Esc Enferm USP. 1990;24(3):359-69. PMid:2082439.

Cunha ALSM, Peniche ACG. Validação de um instrumento de registro para sala de recuperação pós-anestésica. Acta Paul Enferm. 2007;20(2):151-60. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-21002007000200007.

Galdeano LE, Rossi LA, Peniche ACG. Assistência de enfermagem na recuperação pós-anestésica. In: Carvalho R, Bianchi ERF. Enfermagem em centro cirúrgico e recuperação. Barueri: Manole; 2007. p. 267-98.

de Moraes LO, Peniche AC. Assistência de enfermagem no período de recuperação anestésica: revisão de literatura. Rev Esc Enferm USP. 2003;37(4):34-42. http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342003000400004. PMid:14727442

Popov DC, Peniche AC. [Nurse interventions and the complications in the post-anesthesia recovery room]. Rev Esc Enferm USP. 2009;43(4):953-61. http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342009000400030. PMid:20085169

Associação Brasileira de Enfermeiros de Centro Cirúrgico, Recuperação Anestésica e Centro de Material e Esterilização – SOBECC. Práticas Recomendadas SOBECC. 6. ed. São Paulo: SOBECC; 2013.

Brasil. Ministério da Saúde. Portaria nº 1.884, de 11 de novembro de 1994. Normas para Projetos Físicos de Estabelecimentos Assistenciais de Saúde. Brasília: Ministério da Saúde; 1994.

Chatterjee S, Hadi AS. Regression analysis by example. New Jersey: John Wiley & Sons; 2006.. http://dx.doi.org/10.1002/0470055464.

de Castro FS, Peniche AC, Mendoza IY, Couto AT. Temperatura corporal, índice Aldrete e Kroulik e alta do paciente da Unidade de Recuperação Pós-Anestésica. Rev Esc Enferm USP. 2012;46(4):872-6. http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342012000400013. PMid:23018396

Potter PA, Perry AG. Fundamentos de enfermagem. 6. ed. Rio de Janeiro: Elsevier; 2005.

Barros ALBL, organizadora. Anamnese e exame físico: avaliação diagnóstica de enfermagem no adulto. 2. ed. São Paulo: Artmed; 2010.

Poveda VB, Galvão CM. Hipotermia no período intra-operatório: é possível evitá-la? Rev Esc Enferm USP. 2011;45(2):411-7. http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342011000200016. PMid:21655792

de Mattia AL, Faria Maia L, Santos Silva S, de Oliveira TC. Diagnósticos de enfermagem nas complicações em sala de recuperação anestésica. Enfermería Global [Internet]. 2010 [acesso em 2013 Ago 08];9(18). Disponível em: http://revistas.um.es/eglobal/article/view/93601/90161

Popov DC, Peniche AC. As intervenções do enfermeiro e as complicações em sala de recuperação pós-anestésica. Rev Esc Enferm USP. 2009;43(4):953-61. http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342009000400030. PMid:20085169

Capello RG, Alves ALS, Cézar Júnior A, Carvalho R. Intervenções de enfermagem na recuperação anestésica: controle da dor, náuseas, hipotermia e outras complicações do pós-operatório. Rev Dor. 2009;10(2):113-9.

De Mattia AL, Barbosa MH, Freitas Filho JPA, Rocha AM, Pereira NHC. Infusão venosa aquecida no controle da hipotermia no período intraoperatório. Rev Latino-Am Enfermagem. 2013;21(3):801-10.

De Mattia AL, Silva AG, Arantes SG. Atuação do enfermeiro no controle da dor em recuperação anestésica. Rev SOBECC. 2008;13(3):27-32.

Mendonza IYQ, Peniche ACG. Complicações do paciente cirúrgico idoso no período de recuperação pós-anestésica: revisão de literatura. Rev SOBECC. 2008;13(1):25-31.

American Society of PeriAnesthesia Nurses – ASPAN. Perianesthesia nursing standarts, practice recommendations and interpretative statements. Cherry Hill: ASPAN; 2012-14.

Mendonza IYQ, Freitas GF, Oguisso T, Peniche ACGP. Retrospectiva histórica das salas de recuperação pós-anestésica em enfermagem. Temperamentvm [Internet]. 2010 [acesso em 2010 Set 28];11. Disponível em: http://www.index f.com/temperamentum/tn11/t7186.php


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Fiama Chagas Nunes, Selme Silqueira de Matos, Ana Lúcia De Mattia

Rev SOBECC, São Paulo, SP, Brasil. e-ISSN: 2358-2871

Licença Creative Commons Revista SOBECC está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia