Implicações na qualidade do atendimento cirúrgico diante da não manutenção dos equipamentos hospitalares

Thabata Coaglio Lucas, Anita Cassia Aguiar Reis, Pâmela Peçanha de Moraes, Dulce Aparecida Martins

Resumo


Objetivo: Identificar as implicações da não manutenção dos equipamentos hospitalares na qualidade do atendimento cirúrgico. Método: Trata-se de uma
pesquisa quantitativa, exploratória, descritiva, observacional, realizada em um hospital filantrópico do interior de Minas Gerais. Aplicou-se a técnica de observação
direta e a avaliação de registros de manutenção preventiva e corretiva dos equipamentos cirúrgicos. Resultados: Durante o período de observação, verificou-se
que os equipamentos que mais apresentaram falhas durante a cirurgia foram: bisturi elétrico, intensificador e foco cirúrgico. Os dados de funcionalidade e manutenção
dos equipamentos foram comparados com recomendações do fabricante e com a literatura científica. Conclusão: A não manutenção dos equipamentos
cirúrgicos pode prolongar a recuperação pós-operatória, aumentar a morbidade e a mortalidade e levar a um impacto financeiro desnecessário para a instituição.
Espera-se que os resultados deste estudo possam motivar a equipe multiprofissional à realização da manutenção preventiva dos equipamentos antes das cirurgias.


Palavras-chave


: Centros Cirúrgicos; Equipamentos Cirúrgicos; Manutenção de Equipamentos.

Texto completo:

PDF PDF/A (English)

Referências


Organização Mundial de Saúde. Segundo desafio global para a

segurança do paciente. Cirurgias seguras salvam vidas. Orientações

para cirurgia segura da Organização Mundial de Saúde. Rio de Janeiro:

Organização Pan-Americana da Saúde; Ministério da Saúde; Agencia

Nacional de Vigilância Sanitária; 2009.

Brasil. Ministério da Saúde. Documento de referência para o Programa

Nacional de Segurança do Paciente. Ministério da Saúde; Fundação

Oswaldo Cruz; Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Brasília:

Ministério da Saúde; 2014.

Heideveld-Chevalking AJ, Calsbeek H, Damen J, Gooszen H, Wolff

AP. The impact of a standardized incident reporting system in the

perioperative setting: a single center experience on 2,563 ‘nearmisses’

and adverse events. Patient Safety Surgery [Internet]. 2014

[citado 3 mar. 2017];8(46):1-10. DOI: 10.1186/s13037-014-0046-1

Santana HT, Siqueira HN, Costa MMM, Oliveira DCAN, Gomes SM,

Sousa FC, et al. A segurança do paciente cirúrgico na perspectiva da

vigilância sanitária: uma reflexão teórica. Vigil Sanit Debate [Internet].

[citado 10 jan. 2017];2(2):34-42. DOI: 10.3395/vd.v2i2.124

Bezerra WR, Bezerra ALQ, Paranaguá TTB, Bernardes MJC,

Teixeira CC. Ocorrência de incidentes em um centro cirúrgico:

estudo documental. Rev Eletr Enf [Internet]. 2015 [citado 10 jan.

;17(4):3-11. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5216/ree.

v17i4.33339

Volsky PG, Murphy MK, Darrow DH. Laryngoscope illuminance in

a tertiary children’s hospital: implications for quality laryngoscopy.

JAMA Otolaryngol Head Neck Surg [Internet]. 2014 [citado 10 mar.

;140(7):603-7. DOI: 10.1001/jamaoto.2014.676

Carson-Stevens A, Hibbert P, Williams H, Evans HP, Cooper A, Rees P,

et al. Characterising then nature of primary care patient safety incident

reports in the England and Wales National Reporting and Learning

System: a mixed-methods agenda-setting study for general practice.

Health Serv Deliv Res [Internet]. 2016 [citado 10 mar. 2017];4(27). DOI:

3310/hsdr04270

Food and Drug Administration. Guidelines for recalls, corrections and

removals (devices) [Internet]. 2017 [citado 3 mar. 2017]. Disponível em:

https://www.fda.gov/MedicalDevices/DeviceRegulationandGuidance/

PostmarketRequirements/RecallsCorrectionsAndRemovals/default.htm

Murphy KM, Volsky PG, Darrow, DH. Laryngoscope illuminance in a

tertiary care medical center: industry standards and implications for

quality laryngoscopy. JAMA Otolaryngol Head Neck Surg [Internet]. 2015

[citado 10 mar. 2017];153(5):806-11. DOI: 10.1177/0194599815587700

World Health Organization. International consultation on European validation

of the minimal information model for patient safety incident reporting and

learning. Technical Report. Warsaw, Poland: World Health Organization; 2015.

Mull JH, Brennan CW, Folkes T, Hermos J, Chan J, Rosen AK, et al.

Identifying previously undetected harm: piloting the institute for

healthcare improvement’s global trigger tool in the veterans health

administration. Qual Manag Health Care [Internet]. 2015 [citado

mar. 2017];24(3):140-6. DOI: 10.1097/QMH.0000000000000060




DOI: https://doi.org/10.5327/Z1414-4425201800020003

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 thabata coaglio lucas, Anita Cassia Aguiar Reis, Pâmela Peçanha de Moraes, Dulce Aparecida Martins

Rev SOBECC, São Paulo, SP, Brasil. e-ISSN: 2358-2871

Licença Creative Commons Revista SOBECC está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia